Cenários 3D ajudam a aquecer o mercado da construção


Uma empresa do Sul do país do setor da construção Civil, está usando de recursos em 3D para conquistar seus clientes. São recursos de vídeos e fotos que ficam expostos na fachada da obra.

Um tapume está num prédio em construção, em Porto Alegre. A foto mostra como vai ficar o apartamento ao final da obra. Mas se você colocar os óculos 3-d, tudo muda!
A sensação é de como se estivesse de frente ao apartamento real. Através dos óculos, ele consegue imergir nesse empreendimento, ele consegue ter uma percepção tridimensional, como se estivesse visitando um apartamento decorado.
A construção civil e o mercado imobiliário estão em alta e todos os negócios relacionados ao setor se inovam a cada dia. A empresa busca associar as fronteiras entre arquitetura, comunicação e tecnologia, pra estruturar idéias e inspirar visões. Os cenários digitais mostram como será o prédio. A área de lazer, a recepção e o apartamento. Os vídeos são feitos em terceira dimensão.
O sucesso do cenário digital começou no exterior. Entre 2004 e 2008, a empresa produziu 40 vídeos para construtoras dos Estados Unidos, Emirados Árabes, Hong Kong e China.
“O custo é bastante variado, depende muito de o material final ser produzido e do nosso grau de interferência nesse material. Hoje, eu posso dizer que 75% dos projetos giram numa faixa de R$ 100 e R$ 200 mil.
A empresa tem 20 funcionários fixos e 15 terceirizados. Eles trabalham com equipamentos de última geração para produzir os cenários digitais. O negócio deve faturar três milhões de reais até o final do ano e tudo começou com um investimento de apenas R$ 3 mil, com a compra de um computador. Hoje a empresa desenvolve nove projetos para clientes em todo o Brasil.

Numa região nobre de São Paulo, uma construtora contratou a empresa para produzir o cenário digital em 3 D de um novo empreendimento.
“Antes de erguer um imóvel muitas incorporadoras costumam construir e decorar um apartamento modelo pra mostrar pros clientes e estimular as vendas. O filme em três dimensões derruba este custo. Em vez de gastar com apartamento decorado, as construtoras só precisam de uma sala escura com projetor e óculos em 3 D. A novidade impressiona.
Segundo uma gerente de marketing, o filme 3D sai pela metade do preço de um apartamento em exposição. Mas, para ela, a grande vantagem é que a tecnologia valoriza a modernidade do empreendimento.
Desde que começou a usar a realidade virtual, a construtora percebeu um aquecimento na venda de apartamentos. Os clientes se sentem dentro do espaço.
“Com 3 D você interage dentro dos dormitórios, dentro de sala. Então tem como você interagir com o apartamento nessa imagem”,
“Ele impressiona as pessoas. Faz com que eles fiquem emocionados e a possibilidade de compra é muito grande. Dificilmente você vai perder um cliente nesse produto você mostrando a projeção em 3 D”,
“Existia desde o início uma percepção de que coisas novas podem ser inspiradas ou construídas e que existia um novo modelo, não um modelo que substituísse um modelo antigo, mas um modelo que propusesse um caminho paralelo”.

Fonte:
PEGN

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: