Archive for the ‘Curiosidades’ Category

Canção da Engenharia

5 de abril de 2013

Canção da Engenharia
Letra: Aurélio de Lyra Tavares

Quer na paz, quer na guerra, a Engenharia
Fulgura, sobranceira, em nossa história
Arma sempre presente, apóia e guia
As outras Armas todas à vitória.

Nobre e indômita, heroica e secular
Audaz, na guerra, ao enfrentar a morte,
Na paz, luta e trabalha, sem cessar,
Pioneira brava de um Brasil mais forte.

O castelo lendário, da Arma azul-turquesa
Que a tropa ostenta, a desfilar, com galhardia
É um escudo de luta, é o brasão da grandeza
E da glória sem fim, com que forja a defesa
E é esteio, do Brasil, a Engenharia.

Face aos rios ou minas, que o inimigo
Mantém, sob seu fogo, abre o engenheiro
A frente para o ataque e, ante o perigo,
Muitas vezes, dos bravos é o primeiro.

Lança pontes e estradas, nunca falha,
E em lutas as suas glórias ressuscita,
Honrando, em todo o campo de batalha,
As tradições de Villagran Cabrita.

O castelo lendário, da Arma azul-turquesa
Que a tropa ostenta, a desfilar, com galhardia
É um escudo de luta, é o brasão da grandeza
E da glória sem fim, com que forja a defesa
E é esteio, do Brasil, a Engenharia.

Para download:

http://www.exercito.gov.br/web/midia-eletronica/cancao-da-engenharia

Anúncios

INSANE – código secreto

16 de setembro de 2010

Quem tem o Programa de Análise Estrutural INSANE, que pode ser baixado gratuitamente no site do departamento de estruturas da UFMG (link abaixo), pode conferir um comando muito interessante. Na linha de comando do programa digite: galo. Isto mesmo, ao dar um enter você verá uma mensagem muito inusitada dos programadores.

Clique para ampliar a Imagem

DOWNLOAD:
http://www.insane.dees.ufmg.br/insane

O Mistério da Escada!

21 de abril de 2010

Um fato bastante curioso, encontra-se na cidade de Santa Fé, no Estado do Novo México, EUA, mais especificamente em uma capela chamada Loretto Chapel. Ela ficou muito conhecida mundialmente por uma bela e despretensiosa escada. Tal artefato que foi construído sem uso pregos ou cola e não possui um suporte central, foi motivo de muita curiosidade e desconfianças e muitas pessoas atribuem que tal realização possa ter sido feita pelas próprias mãos de São José, a pedido de Cristo.

Por dentro da História:

Em 1898 a Capela passou por uma reforma. Um novo piso superior foi feito, porém faltava a escada para subir. As Irmãs consultaram os carpinteiros da região e todos acharam difícil fazer uma escada numa Capela tão pequena.
As religiosas, então, rezaram uma novena a São José para pedir uma solução. No último dia da novena, apareceu um homem com um jumento e uma caixa de ferramentas. Ele aceitou fazer a escada, porém exigiu que fosse com as portas fechadas. Meses depois a escada estava construída como queriam as Irmãs. No momento de pagar o serviço, o homem desapareceu sem deixar vestígios. As religiosas puseram anúncios no jornal local e procuraram por toda a região sem encontrar quaisquer noticias ou informações sobre o ignoto carpinteiro.
Nesse momento as Irmãs perceberam que o homem poderia ser São José, enviado por Jesus.

Há vários elementos que reforçam a aura de piedoso mistério que envolve a construção da escada:

Incógnitas:

A madeira utilizada não é da região, e ninguém sabe como foi parar lá. Também não foi utilizado prego na escada, apenas pinos de madeira.
Além do mais, hoje soa misterioso que ela se mantenha em pé pois é do tipo caracol e não tem apoio central. Na verdade apenas um apoio colateral metálico foi acrescentado a posteriori que não resolve a essência do incógnita. Diz-se que engenheiros e arquitetos não conseguiram desvendar a física por trás da obra.
Por fim, a escada tem 33 degraus, a idade de Jesus Cristo, o que reforça ainda mais a suposição de um fenômeno de origem sobrenatural.
A Capela recebe em média 200 casamentos por ano e centenas de turistas. Ela ficou conhecida como a Escada Milagrosa. Grande número de artigos e programas de TV foram dedicados a ela e seus “mistérios”. O essencial do piedoso relato encontra-se no site oficial da Capela

“Há três mistérios aqui. O primeiro mistério é que não se sabe, até hoje, quem é o homem que construiu a escada, a portas fechadas. Segundo mistério: arquitetos, engenheiros e cientistas dizem que não entendem como a escada se equilibra. E o terceiro mistério: de onde veio a madeira? Já fizeram análises e não existe nada parecido em toda a região”, explica o porta-voz da igreja.

Site Oficial:
http://www.lorettochapel.com/

<!–[if gte mso 9]> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 <![endif]–><!–[if gte mso 9]> <![endif]–> <!–[endif]–>Há vários elementos que reforçam a aura de piedoso mistério que envolve a construção da escada

Origem

1 de abril de 2010

          Engenharia Civil

A Engenharia antigamente era segredo militar, segredo para avançar as tropas, vencer obstáculos (como atravessar um rio, calcular pontes para conseguir transportar por cima dela um peso muito grande) e os conhecimentos eram segredo de Estado. Os pioneiros neste tipo de estudo foram os ROMANOS. Eles dominaram o mundo em uma época, por se fazerem uso da engenharia militar, abrindo estradas, projetando estruturas de catapultas, muito mais eficiente que outros povos. Quando se tornava obsoleto, passavam a ser deixados de lado. Então daí surgiu a Engenharia Civil, todo conhecimento militar que poderia ser divulgado em beneficio da humanidade, foi reunido nas escolas de engenharia que começaram a formar engenheiros Civis. Como os conhecimentos derivam da área militar e ela por sua vez é limitada a área estrutural, logo os engenheiros civis possuem muito conhecimento voltado para a área estrutural, mas a realidade do curso atualmente mudou completamente. Hoje, há uma série de problemas que não são ligados a uma questão estrutural, com isto, torna-se uma área com um extenso campo de atuação. 


%d blogueiros gostam disto: